quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Casa arrumada

Casa arrumada é assim:
Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.
Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela.
Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas...
Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo: Aqui tem vida...
Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar.
Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.
Sofá sem mancha?
Tapete sem fio puxado?
Mesa sem marca de copo?
Tá na cara que é casa sem festa.
E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.
Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.
Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante,
passaporte e vela de aniversário, tudo junto...
Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.
A que está sempre pronta pros amigos, filhos...
Netos, pros vizinhos...
E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca ou namora a qualquer hora do dia. Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente.

Arrume a sua casa todos os dias...
Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela...
E reconhecer nela o seu lugar.






Li um trecho deste texto na descrição do blog A Casa de Tami.
Achei o texto muito divertido e concordo plenamente.

Beijos e vamos curtir nossa casinha.

Li este texto em vários lugares como sendo de Carlos Drummond e  Lena Gino . Quero dar os devidos créditos. Se alguém souber de fato a quem pertence, me avise por favor. 



terça-feira, 27 de setembro de 2011

Há amor em mim.

         " Há amor em mim. Sim, há. Amor pela minha mãe e meus irmãos. Amor pelos meus amigos. Amor pelos meu cachorros. Amor pelo meu marido. Amor pelo meu filho, amor esse incondicional e imensurável. Mas quero falar mesmo é de um outro amor.
          A minha vida toda gostei de fazer caridade, desde pequenina. Dar comida a quem tem fome, dar roupa a quem sente frio. Sempre fazendo doações para a Igreja, e até mesmo ajudando a quem bate à minha porta. Ajudo também  um hospital que faz tratamento contra o câncer. O funcionário vem pegar o dinheiro aqui em casa. Mas isso pra mim é pouco, muito pouco.
          Nunca tinha movido uma palha para mudar tal comodismo. Até que ...
          Tenho um amigo de 49 anos que está travando uma guerra contra um câncer. Está difícil, muito difícil mesmo. Apesar de tudo o que ele está passando, ele sonha. Sonha com o dia de ficar curado, fazer enfermagem e cuidar de idosos.
          Uma coisa não me sai da cabeça. O que  nos leva a passar a vida adiando a realização de um sonho?  Não digo realizar viagens e festas. Realização pessoal, sabe? O que levou ele a esperar tanto tempo para fazer enfermagem? Realmente não sei. Não perguntei. Só sei dizer que esta história mexeu profundamente comigo. Tocou a minha alma. A história dele está mudando a minha.
          Sonho em ser voluntária. Eu preciso, é vital pra mim. Não sei explicar, só sei que preciso. E não vou esperar mais.  Resolvi ir à luta. Estou entrando em contato com pessoas para me ajudarem na realização deste sonho. A princípio doarei um dia integral da minha semana. Assim como esse meu amigo, tenho uma queda por idosos. Gosto muito de ouvir suas histórias. Mas ajudaria com o mesmo amor crianças e adultos.
          Não quero, não devo e não vou esperar. Porque eu preciso distribuir este amor que há em mim."





Bom, devo confessar que não tinha a intenção de falar deste assunto agora. Gosto de falar das coisas já concretas. Este sonho esta engatinhando ainda. Mas não resisti a um chamado da Elaine Gaspareto para participar desta blogagem em comemoração aos 3 anos de seu blog Um pouco de mim. Resolvi dar este presente pra ela como ela pediu. Elaine é uma pessoa maravilhosa e gentilíssima, e merece essa retribuição.
Parabéns Elaine pelo seu blog. Um blog necessário a nós blogueiras, você sabe disso pelo tanto de visitas que recebe diariamente.
Um blog se torna um sucesso pela  administração, pela competência e dedicação de seu dono. E o seu não podia ser diferente. Porque é você quem está por trás dele.

Beijos.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Trazendo a Arca - Sobre as águas

Semana passada, Ana Paula me apresentou o grupo Trazendo a Arca, e gostei.

Trazendo a Arca é um grupo de música gospel brasileiro. Surgido em 2007, originou-se como uma dissidência do grupo Toque no Altar, principal grupo de louvor surgido na igreja evangélica Ministério Apascentar, em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, leia mais ...




Sobre as Águas

Trazendo a Arca

Se o sol se pôr
E a noite chegar
Tu és quem me guia
Se a tempestade me alcançar
Tu és meu abrigo
Se o mar me submergir
A tua mão
Me traz a tona pra respirar
E me faz andar
Sobre as águas
Tu és o Deus da minha salvação
És o meu dono minha paixão
Minha canção e o meu louvor
Aleluia, Aleluia
Se o mar me submergir
A tua mão
Me traz a tona pra respirar
E me faz andar
Sobre as águas
Tu és o Deus da minha salvação
És o meu dono minha paixão
Minha canção e o meu louvor

Beijos e uma semana abençoada para todas nós.



sábado, 24 de setembro de 2011

Blogagem Coletiva - esmalte + primavera

Que venham as flores !!!


A blogagem desta semana com certeza vai ser florida. 
Esmalte + flor ou planta.
Vou de flor.
Nas fotos abaixo estão  o bougainville que está começando a florir, ele é filhotinho e o abacaxi de jardim .

 Esmalte Up Colors


Não resisti e coloquei aqui essas duas fotos da blogagem do início do ano, 8 e 15 de janeiro respectivamente.

             risque deep blue                                     colorama rock


Quer ver um post florido? Fernanda Reali


Visitando o Bau da Lola, me inspirei pra fazer esta montagem com flores do meu jardim. Gente, visitem a Lola, lá é incrível.
#ficaadica.






Beijos e um ótimo sábado para todas nós.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

A palavra



Neste domingo dia 18 de setembro lendo a revista do jornal O Globo, li um texto de Martha Medeiros que me tocou muito. Aliás, ando muito sensível e introspectiva. Estou numa fase de recolhimento, pensamento.
Vou continuar blogando porque me faz bem. Deixei de lado um pouco o face e o twitter. 
Por ser grande, postarei apenas uma parte do texto.


Com A Palavra, Martha Medeiros :
"A palavra, que ferramenta.
É uma pena que haja tamanha displicência em relação ao seu uso. Poucos se dão conta de que ela é a chave que abre as portas mais emperradas, que facilita negociações, encurta caminhos, cria laços, aproxima as pessoas. Tanta gente morre sem dialogar com a vida. Contam coisas, falam por falar, mas não conversam, não usam palavra como elemento de troca. Encantam-se pelo som da própria voz e, nessa onda narcisista, qualquer palavra lhes serve.
Mas não, não serve qualquer uma.
A palavra exata é um pequeno diamante. Embeleza tudo: o convívio, o poema, o amor. Quando a palavra não tem serventia alguma, o silêncio mantém-se no posto daquele que melhor fala por nós.
Em terapia temos que nos apresentar sem defesas, relatar impressões do passado, tornar públicas nossas aflições mais secretas, perder o pudor diante das nossas fraquezas, ser honesto de uma forma quase violenta, tudo em busca de uma "absolvição" que nos permita viver sem arrastar correntes. Como atingir o ponto nevrálgico das nossas dores sem o bisturi certeiro da palavra? É através dela que a gente se cura."



"Quando me amei de verdade,
consegui moderar meu ritmo
e minha pressa.
E isso fez uma enorme
diferença na minha vida."
Kim McMillen







Beijos e uma ótima reflexão para todas nós.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Força e Vitória - Eliana Ribeiro

Eliana Ribeiro é missionária e ministra de música na Comunidade Canção Nova, leia mais ...




Força e Vitória

Eliana Ribeiro

Todo joelho se dobrará
E toda língua proclamará
Que Jesus Cristo é o Senhor (2x)
Nada poderá me abalar
Nada poderá me derrotar
Pois minha força e vitória
Tem um nome
É Jesus
Nada poderá me abalar
Nada poderá me derrotar
Pois minha força e vitória
É Jesus
Quero viver tua palavra
Quero ser cheio do teu espírito
Mas só te peço, livra-me do mal (2x)
Jesus!
Jesus!
Jesus!

Beijos e uma semana de vitória para todas nós.


"Quando me amei de verdade,
partes minhas que eu
ignorava desistiram de
disputar minha atenção.
Foi o início da paz interior.
Comecei então a ver tudo
mais claro."


Kim McMillen

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Blogagem Coletiva - esmalte + música

Bom, dentre as centenas de milhares de músicas que gosto, escolhi duas para a blogagem.

Amo demais esta música Raindrops Keep Falling On My Head do B. J. Thomas , acho coisa de outras vidas minha paixão por esta música:



Adoro cozinhar tomando uma taça de vinho e ouvindo 
Rod Stewart , em especial esta música, 
The way you look tonight :




O esmalte que escolhi foi o vermelho (cereja) de guerra da Impala: 



Quer ver mais mulheres de bom gosto? Fernanda Reali

Beijos e um ótimo fim de semana para todas nós.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Programa de 15 minutos - conclusão

      A princípio o que eu tenho a dizer é que está sendo divertido. Ainda bem.



     Até porque a rotina de se manter uma casa arrumada é bem chatinha. Eu tô me divertindo porque recebo e-mails diários me orientando no que tenho que fazer naquele dia. Claro, cada casa tem uma estrutura, tem uma rotina, então temos que fazer adaptações. Mas pro basicão não tem diferença, tem coisas que tem que ser feitas todos os dias em todas as casas (rotina), e o que é legal neste sistema é que as moderadoras do grupo no yahoo, te dão força (e-mails) pra não deixar cair a peteca cair. 
      O sistema é bem feito, estruturado, tem sentido. Estou gostando de verdade. Ainda estou no comecinho, ainda sou uma flybaby. Pretendo dar continuidade sim, fazer pequenas adaptações, mas quero continuar. Tem me ajudado bastante.
      Reconheço que tenho desorganização crônica, então já é o primeiro passo pra aceitar ajuda.
     O blog que faz as traduções e adaptações dos textos do sistema FlyLady é o http://flyrobrasileira.blogspot - Organização e Otimização de seu tempo. Se quiser saber como funciona, comece pelo Índice de Postagens, senão você pode ficar perdida, e não entender direito o sistema.


É isso aí.


Beijos e uma ótima quarta para todas nós.










terça-feira, 13 de setembro de 2011

Quando me amei de verdade

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.
E então, pude relaxar.


Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.


Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.


Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.


Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.



Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.



Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.




Quando me amei de verdade, comecei a ouvir a sabedoria do meu corpo. Ele fala claramente através do cansaço, 
das sensações,
das antipatias e dos desejos.


   Quando me amei de verdade, perdoei-me por todas as vezes em que me acusei e me critiquei.


 Quando me amei de verdade, aprendi a chorar as dores
 da vida no momento em que elas acontecem,
        em vez de sobrecarregar meu coração arrastando-as por aí.


Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.



Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.



Na internet, este texto tem sido atribuído a Charles Chaplin.
Li o livro Quando me amei de verdade de Kim McMillen & Alison McMillen , todos estes trechos estavam no livro, e em momento algum foram atribuídos a Chaplin.

                                        
  pág. 5 
                          "Introdução
Durante muitos anos, vivi de forma cautelosa
e defendida. Eu não sabia como ter amor
e compaixão por mim mesma. Quando fiz quarenta
anos, isso começou a mudar.
Quando comecei a amar tudo o que sou, a
vida se transformou, abrindo-se em lindos e
misteriosos caminhos. Meu coração ficou mais
leve e eu passei a ver as coisas de forma diferente.
Fui me compromentendo cada vez mais a
seguir esse chamado interior, e percebi a presença
constante de uma inteligência divina que
guiava minha vida. Dou a essa inteligencia o
nome de graça, sempre disponível para todos nós.
Nos últimos doze anos, fui aprendendo a
reconhecer e a aceitar esse verdadeiro presente.
Cultivar o amor e a compaixão por mim mesma
tornou isso possível.
As etapas que vou descrever são minhas.
As suas podem ser diferentes, mas espero, de
todo o coração, que as minhas despertem em
você essa ânsia que existe em todos nós."


Kim McMillen




Olhe pra dentro de você.

Perceba o que mais te incomoda. MUDE. Dê a volta por cima. LIVRE-SE de pensamentos que te atormentam. Escreva o que te põe pra baixo, e ao lado escreva o que te faz feliz. CANTE.
Escreva quais são os suas virtudes, e NÃO esqueça delas durante o dia. 
MUDE. TENTE. LIBERTE-SE.
Pra sermos felizes, precisamos sermos autênticos.


Beijos e uma ótima terça-feira para todas nós.


segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Seja o Centro - com Pe. Marcelo Rossi

Seja o Centro é uma música de autoria da cantora e líder do Ministério de Louvor Diante do Trono, Ana Paula Valadão. 

Foi regravada também pelo Pe. Marcelo Rossi.


Seja o Centro

com Padre Marcelo Rossi

Seja o centro
Seja o tudo
em meu coração, Senhor
Seja a vida em meu peito
Cada dia, aqui e eternamente
Jesus, Jesus
Meu amado
Jesus, Jesus
Seja o sol que me aquece
em meu coração, Senhor
Seja a força que me sustenta
Cada dia aqui e eternamente
Jesus, Jesus
Meu tesouro
Jesus, Jesus
Meu tesouro
Meu tesouro
Minah razão de viver
Meu desejo é te conhecer
Pois não há outro igual a ti
A quem tenho eu além de ti
És minha vida, és a fonte Jesus
Jesus, Jesus
Meu amado
Jesus, Jesus
Meu tesouro
Minha razão de viver
Meu anseio (cada vez mais) é te conhecer
Pois não há outro igual a ti
A quem tenho eu além de ti
És minha vida, és a fonte Jesus
Jesus, Jesus
Minha força
Jesus, Jesus
Meu tesouro
Jesus, Jesus
Meu amado
Jesus, Jesus


Beijos e uma semana abençoada para todas nós.


domingo, 11 de setembro de 2011

Uma gaiolinha vintage. Vem ver.

Essa gaiola tem história.


Me mudei para esta casa há dois anos. Sempre morei em apartamento, a vida inteira.
Aqui realizo o sonho de ver passarinhos livres, voando, cantando.
Assim que me mudei pra cá resolvi alimentar os pássaros. A começar pelo beija-flor. Comprei no pet um pó que misturado com água, vira alimento para beija-flor, melhor que açúcar, e tem que ser trocado no máximo em quatro dias. Mas para a minha felicidade, não durava três. Fazia fila, eram três beija-flores, um monte de cambaxirra e caga sebo(oi?) . Tinha até briga !!! Até que um dia pela manhã, quando fui vê-los  me deparei com uma coisa assustadora. Tinha muita abelha, mas muita mesmo, ao ponto de nem dá pra ver o bebedouro, gritei pelo marido, e começamos uma guerra. Peguei a mangueira, espantava a abelha, e marido todo corajoso pegou o bebedouro abriu e jogou o liquido fora, nisso eu molhava as abelha, o bebedouro e o marido. Conseguimos com muito custo (foi divertido também) espantar as abelhas. Deixei passar muitos dias para colocar o bebedouro de novo, e fiquei com dó dos passarinhos que vinham no mesmo horário todos os dias. Depois de um tempo aconteceu a mesma coisa, a invasão das abelhas, resolvi não dar sorte para o azar, então parei de pôr o bebedouro.


Mas, ao mesmo tempo dava comida para passarinho, vinha tanta rolinha, mas tanta rolinha que chegavam a entrar aqui em casa, umas dez, à procura de comida. Vinha também (pro quintal) pardal, sabiá, bem-te-vi. Era um paraíso, até que... Gatos passaram a dormir no meu telhado, e gavião voar a uns trinta centímetros da minha cabeça. Conclusão, parei. Não ia alimentar passarinho pra ser comido por ninguém. E a gaiola ? Pois é, como os passarinhos faziam ninho, na minha árvore, no meu telhado, caía muito filhotinho, e as rolinhas fominhas que entravam na minha casa e não sabiam sair, batiam tanto com a cabeça na parede que acabavam se machucando, aí pedi a gaiola aposentada do meu sogro pra fazer de enfermaria. Mas depois que parei de alimentar os passarinhos eles se mudaram, então resolvi enfeitá-la. Ufa ! Pensou que passaria o domingo lendo um post só, né?


Vamos as fotos :









Diz aí, não ficou cute ?

Beijos e um ótimo domingo para todas nós.

sábado, 10 de setembro de 2011

Blogagem Coletiva - esmalte + fotografia

Boa tarde, queridas !!!


Para não ficar de fora da blogagem de hoje, pintei azunha com o esmalte cintilante perolado cristal rosa da colorama porque seca rápido, pois estou sem tempo algum neste fim de semana.


Resolvi tirar a foto com o álbum do meu filho, gente, este anjinho tinha somente 14 horas de vida, ownnnn...
Quem é mãe sabe, a gente baba mesmo.


Sem mais delongas; 




A gente (eu) não tem tempo pra pintar a unha, mas tem tempo de editar a foto, hehe.

Que ver mais blogueiras fotógrafas  ? Fernanda Reali

Beijos e um ótimo fim de semana para todas nós.


resolvi colocar a foto do esmalte aqui, acho que ele ficou apagadinho na edição (como se ele tivesse alguma cor)  :D